Preparado para o que der e vier? O Natal está a chegar…

É altura para partilharmos alguns conselhos sobre os cuidados a ter ao longo do dia, para evitar ao máximo chegar ao ponto de só lhe apetecer dizer “Estou que nem posso!”

Assim, durante os próximos dias, antes e depois das festas, faça refeições leves, aposte no peixe ou ovos com legumes diversos (brócolos, feijão verde, couves, beringela, courgete e espinafres, são ricos em fibra e saciam) e salada fresca (alfaces e rúcula, tomate, cenoura crua). Coma 3 peças de fruta por dia, maçã, laranja, kiwi, abacaxi ou papaia, devem ser ingeridas sempre fora das refeições.

Antes de uma refeição mais “pesada” coma uma rodela de abacaxi, as suas enzimas digestivas vão preparar o estômago para receber a gordura dos alimentos e promover uma digestão mais eficiente e rápida. Fique até 4 horas sem comer, tendo esta orientação, vai evitar o petisco constante e controlar o “pecado de gula”.

Delicie-se, mas com moderação!

E nos almoços ou jantares de Natal, o que fazer?

Se é certo que irá ter um almoço ou jantar de Natal e que para si será inevitável terminar com sobremesa, opte primeiro por uma refeição mais leve e equilibrada. Evite a célebre tendência de comer carne ou peixe apenas com salada crua. Infelizmente, é um erro comum que em vez de saciar, despertará em pouco tempo o seu apetite para qualquer alimento composto de farinha e açúcar (ex. pão, bolacha, etc.) ou, simplesmente, um doce que esteja à “mão de semear” (ex. chocolate). Ocupe mais de metade do seu prato com legumes cozidos, estufados ou salteados, por serem ricos em fibra, e quando combinados com uma fonte de proteína (carne ou peixe ou ovo) dar-lhe-ão saciedade e sensação de bem-estar. Por opção, neste exemplo específico, aconselho a moderar os alimentos mais energéticos como o arroz, batata ou massa para então dar lugar à sobremesa. Para ajudar a digestão, termine com um chá digestivo (ex. hortelã-pimenta).

Comece as festas em grande e entre no seu Natal para gozar cada prazer em pleno. Depois da festa, o “Amanhã” é outro dia!

Joana Ávila _ Nutricionista

Feliz Natal!

Live Wisely | Think Wisely | Move Wisely – Juntos na sua melhor versão

Partilhar em

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Que fome é esta? 5 perguntas que o vão ajudar a perceber se a sua fome é emocional ou fisiológica?

QUE FOME É ESTA?

QUE FOME É ESTA?   Na semana passada falámos sobre as características que diferenciam a fome fisiológica e a fome emocional. Ainda assim, numa fase

Ler Mais »
Fome ou Vontade de comer? Saiba como distinguir a fome fisiológica da fome emocional.

FOME OU VONTADE DE COMER?

FOME OU VONTADE DE COMER? Conheça as diferenças entre a fome emocional e a fome fisiológica. Conhece aquela sensação de apetite súbito que nos faz

Ler Mais »
Devo correr sozinho ou acompanhado?

CORRER SOZINHO OU ACOMPANHADO?

CORRER SOZINHO OU ACOMPANHADO?   Pois é, correr sozinho ou acompanhado? Aqui está uma questão que já passou pela cabeça de todos os corredores, que

Ler Mais »