LISTA DE ALIMENTOS ESSENCIAIS NUMA COZINHA SAUDÁVEL

 

A primeira grande dificuldade com que nos deparamos quando queremos ter uma alimentação mais saudável é a ida às compras.

As listas de ingredientes das receitas saudáveis parecem um bicho de sete cabeças e a confusão mental leva facilmente à inércia.

Se antes só encontrávamos grande parte destes ingredientes em lojas especializadas hoje, felizmente, as coisas estão a mudar e é cada vez mais fácil e acessível encontrarmos estes ingredientes em grandes superfícies e até nas mercearias de bairro.

Importa também relembrar que as grandes mudanças levam tempo a implementar e a consolidar, pelo que pensem nisto como algo a médio prazo.

Há também um truque que ajuda muita nesta gestão: dediquem uma prateleira do armário da despensa só para os novos “produtos estranhos”.

Entretanto vão reparar que, pouco a pouco, os “produtos estranhos” começam a invadir o espaço dos outros ditos “normais” e passado cerca de um ano existe apenas uma prateleira que destoa… a dos “disparates”.

Mas o mais cómico é que os “produtos estranhos” de estranho não têm nada se formos comparar os seus rótulos com os dos ditos produtos normais, aí sim, encontram-se muitos nomes e siglas indecifráveis.

Agora, vamos ao que interessa: a lista de produtos a ter em conta na hora de ir às compras e que permitirão cozinhar de forma económica, consciente e saudável. 

  • Fruta com cores diferentes e da época;
  • Vegetais coloridos e da época;
  • Leguminosas secas (preferencialmente) ou em frasco: ervilha, feijão azuki, edamame, frade, branco, preto, catarino, vermelho, mungo, grão, lentilhas;
  • Cereais: aveia, arroz integral, arroz thai integral, bulgur integral, cuscuz esperta integral, espaguete integral, espelta integral, millet e quinoa, massas sem glúten;
  • Azeite: extra virgem para utilizar a cru, virgem para cozinhar;
  • Pão: centeio integral, espelta integral, kamut, sem glúten (de beterraba, de batata doce, etc…);
  • Frutos secos: amêndoas, avelãs, bagas goji, caju, castanha do Brasil, nozes, tâmaras;
  • Soja: miso, molho de soja, tofu, tempeh, salsichas de tofu (marca Taifun);
  • Ervas aromáticas (tomilho, coentros, salsa, endro, cebolinho…);
  • Leite vegetal: kamut, amêndoa, aveia, quinoa, côco, soja (sem açúcares e outros ingredientes adicionados para além do ingrediente exposto na embalagem e água);
  • Iogurtes vegetais: soja de amêndoa e soja de côco (sem açucares adicionados);
  • Cremes vegetais: amêndoa, amendoim, caju;
  • Farinhas: alfarroba, aveia integral, centeio integral, espelta integral, grão, trigo integral;
  • Sementes: cânhamo, chia, papoila, sésamo, girassol, mostarda, pólen, linhaça;
  • Algas: kobum, wakame;
  • Cacau: cacau puro em pó c/ stevia, Cacau puro em pó, Tablet 70% cacau;
  • Ervas aromáticas: hortelã, manjericão, salsa, tomilho, manjericão, funcho fresco, endro, rosmaninho;
  • Especiarias: curcuma (açafrão das índias), canela, cardomomo, caril, gengibre em pó, pimenta preta em grão, pimentão doce, cominhos;
  • Vinagre: vinagre de maça, vinagre de ameixa;
  • Açúcar natural: stevia branca, açúcar de coco;
  • Molho: mostarda de dijón;
  • Água: Glaciar ou Monchique;
  • Peixe: cavala, sardinha, atum, pescada;
  • “Para levar”: barritas (Raw Bite; Roo’ Bar; Bio Barra); Leite Choc pequenos (Isolabio); puré de fruta (Purés da Horta, Natura Nuova).

Onde comprar: Área Bio e Saudável do Auchan, El Corte Inglês, Continente, Pingo Doce e lojas da especialidade (saudável) Miosótis, Celeiro, Biocoop, Biomercado, Agrobio e Go Natural (entre outras mais locais).

Agora que tem a lista do que precisa e sabe onde encontrar, encha a sua cozinha com as escolhas mais certas e invista na sua melhor e mais saudável versão!

E se ainda assim precisar de um “empurrãozinho” extra para integrar estes alimentos no seu dia-a-dia, fale connosco, partilhe as suas questões preenchendo o nosso formulário, pois nós encontraremos a solução à sua medida.

Live Wisely | Think Wisely | Move Wisely – Juntos na sua melhor versão.

Partilhar em

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos Relacionados

Que fome é esta? 5 perguntas que o vão ajudar a perceber se a sua fome é emocional ou fisiológica?

QUE FOME É ESTA?

QUE FOME É ESTA?   Na semana passada falámos sobre as características que diferenciam a fome fisiológica e a fome emocional. Ainda assim, numa fase

Ler Mais »
Fome ou Vontade de comer? Saiba como distinguir a fome fisiológica da fome emocional.

FOME OU VONTADE DE COMER?

FOME OU VONTADE DE COMER? Conheça as diferenças entre a fome emocional e a fome fisiológica. Conhece aquela sensação de apetite súbito que nos faz

Ler Mais »
Devo correr sozinho ou acompanhado?

CORRER SOZINHO OU ACOMPANHADO?

CORRER SOZINHO OU ACOMPANHADO?   Pois é, correr sozinho ou acompanhado? Aqui está uma questão que já passou pela cabeça de todos os corredores, que

Ler Mais »